Tasmânia: conheça um dos destinos mais exóticos do mundo!

Tasmânia: conheça um dos destinos mais exóticos do mundo!

Tasmânia é um destino exótico e único. Com uma área de 65 mil quilômetros quadrados e uma população estimada em 500 mil habitantes, esse arquipélago isolado fica a cerca de 240 quilômetros da costa sudeste da Austrália — e a 2.700 quilômetros da Antártica — e é considerado o menor estado daquele país.

Por sua localização geograficamente isolada do restante do continente, a Tasmânia reserva cenários peculiares e incomuns e a variação do clima é uma das principais características do lugar. Lá, é possível presenciar períodos de neve, sol forte, chuvas repentinas e névoa em apenas um dia.

O litoral do estado é envolto por solos férteis e costas escarpadas, lagos, montanhas, 17 parques nacionais e bucólicas regiões que produzem vinhos renomados. Ali também é o berço da famosa espécie símbolo do local, o demônio-da-Tasmânia.

Esse relativo isolamento faz da região um ponto ainda pouco explorado pelos turistas. Contudo, aos poucos vem sendo descoberto pelos amantes de viagens devido às suas belezas naturais encantadoras e à grande quantidade de atividades na natureza ou na cidade que são proporcionadas aos visitantes.

Neste post, você vai conhecer as 5 principais atrações da Tasmânia que você deve incluir no seu roteiro. Acompanhe a leitura!

Hobart

A cidade de Hobart é a capital e principal cidade da ilha. Com uma população de cerca de 200 mil habitantes, ela proporciona uma mistura de ares selvagens com o ambiente urbano e oferece atrações como restaurantes e lojas.

A cidade é ponto de chegada dos turistas. Para chegar até a Tasmânia, é preciso pegar um voo de cerca de duas horas de duração que parte da cidade de Sydney. Existem voos operados pela Qatar Airlines e Latam para esse destino que saem de São Paulo com conexão em Sydney.

Alguns passeios turísticos partem dessa cidade, como a visitação até a ilha Bruny. Você também pode conhecer outras cidades como Launceston, que fica no norte de Hobart e Devonport e Burnie, localizadas um pouco mais no litoral.

Tasmânia é famosa pela produção de vinhos e por suas vinícolas na região de Coal Valley, próxima à capital. Vale a pena conhecer o local e se encantar pela sua beleza! Um dos locais turísticos mais famosos é o Parque Nacional Cradle Mountain-Lake St. Clair, que fica a cerca de 160 quilômetros de Hobart.

Wineglass Bay

Wineglass Bay é uma baía que fica localizada na península de Freycinet e é considerada uma das melhores praias do mundo. O cenário encantador é composto por areias brancas e as águas calmas com cores em tons de azul escuro e rochas de granito rosadas e acinzentadas que dão o charme final e fazem com que essa região seja uma das mais encantadoras da Austrália.

Esse cenário faz com que a região seja um destino muito procurado por casais em lua de mel e viagens românticas. Além disso, o ambiente é perfeito para pessoas que buscam aventuras, já que é possível navegar, praticar caiaque, escaladas e alguns outros esportes.

O local também conta com pousadas ecológicas e restaurantes que oferecem pratos da gastronomia regional, como ostras saborosas. O Parque Natural Freycinet, por exemplo, está localizado na Wineglass Bay e é uma atração bastante procurada por turistas.

Uma curiosidade é que a baía já foi moradia de aborígenes, nativos locais que habitavam a ilha antes da colonização pelos conquistadores britânicos durante o século XIX. A região também já serviu de prisão para infratores do reino devido à sua localização geográfica isolada e pelo fato de suas águas serem habitadas por uma grande quantidade de tubarões.

Port Arthur

A cidade de Port Arthur é considerada um dos pontos turísticos mais famosos de toda a ilha da Tasmânia. A área fica a 60 quilômetros de distância da capital e nela está localizado o maior e mais antigo estabelecimento presidiário do país, que foi construído no século XIX para exilar os indivíduos que eram considerados grandes criminosos ingleses.

A prisão dividia os encarcerados em hierarquias conforme a sua disciplina e a punição — ou recompensa — eram aplicadas de acordo com o merecimento de cada um. Além disso, um sistema de educação e formação profissional foi criado para os presos que ali estavam. Por isso, por muito tempo foi considerada como modelo para as demais penitenciárias.

Hoje em dia, o local foi transformado em um museu que mantém grande parte da estrutura conservada é considerado patrimônio nacional e internacional. Há visitas guiadas com hora marcada e passeios de barco até a ilha vizinha.

Ilha de Bruny

A ilha de Bruny fica na região de D’Entrecasteaux Channel e é alcançada por meio de uma balsa que parte da cidade de Kettering, situada a 30 minutos de distância da capital.

Formada por complexos rochosos, falésias, florestas de samambaias e praias com águas calmas e rica vida selvagem, a ilha conta com várias espécies de animais como pássaros, pinguins e cangurus. Entre as atividades do local, é possível fazer passeios de barco, andar de caiaque, fazer pesca e praticar surfe.

Bruny é formada por duas pequenas ilhas que estão entrelaçadas entre si por um istmo chamado de “The Neck”. Essa formação estreita possui um mirante no seu topo de onde o turista consegue ter uma vista privilegiada e exuberante do entorno da região e consegue avistar também o Parque Nacional de South Bruny.

A região oferece passeios e cruzeiros ecológicos para observar a vida das espécies locais como pardelas, raros cangurus brancos, bennetts e pinguins na Neck Game Reserve. A região abriga competições de surfe no mês de janeiro.

Além disso, existem outras opções de diversão como conhecer a história local por meio de uma visita até o museu Adventure Bay, contemplar a vida marinha com a prática de mergulho com snorkel e fazer um passeio até o farol da ilha.

Salamanca Place

Salamanca Place é uma praça localizada na faixa litorânea Sullivans Code, no coração da cidade de Hobart e é um dos locais mais efervescentes da região.

O local é um destino muito procurado pela rica vida cultural e pela beleza dos edifícios antigos com suas fachadas imponentes. A praça ainda oferece uma rica variedade de culinária e vinhos locais de alta qualidade, arte e feiras artesanais que preservam as tradições regionais.

Como você pode perceber, a Tasmânia é muito mais do que apenas um lugar sossegado para relaxar. Esse destino reserva belezas surpreendentes e é uma experiência inesquecível. Por isso, considere incluir essa bela região nas suas próximas férias. Você não vai se arrepender!

E aí, gostou do conteúdo do post? Quer conhecer mais sobre o continente da Oceania? Então confira as 6 opções de estações de ski na Nova Zelândia para você curtir as baixas temperaturas com muita adrenalina!

Deixe uma resposta

Próximo artigoViagem para a neve com crianças: dicas para montar seu roteiro