Dicas de Como Planejar Uma Viagem Internacional!

A Importância de saber como planejar uma viagem internacional sem atropelos. Mais uma viagem internacional sendo agendada e, como de costume, aquele friozinho na barriga insiste em aparecer nos meses que antecedem o tão agradável passeio para o exterior. Claro que não existe nada melhor do que fazer as malas, juntar a família e partir em busca de novos lugares e culturas.

Entretanto, para que tudo saia conforme o esperado é necessário uma dose extra de dedicação e compromisso no processo de programação. Por isso, é fundamental saber como planejar uma viagem internacional, concorda?

Mas não se preocupe, pois elaboramos um conteúdo especial para ajudá-lo nessa missão. A seguir você saberá todos os passos para organizar com sucesso o passeio. Seguindo todas as instruções, você terá a viagem dos sonhos. Pode apostar!

Aprenda Como Planejar Uma Viagem internacional

1. Defina o destino

Esse é o primeiro passo para uma viagem internacional. Somente com essa informação você conseguirá determinar os demais aspectos que envolvem o passeio, como transporte, hospedagem, data e, claro, documentação.

Para que o tempo não seja um empecilho e que tudo seja resolvido de acordo com as necessidades e em prazo hábil, comece a pensar neste assunto com antecedência. Nada de postergar a escolha e deixar tudo para última hora, combinado?

2. Verifique a documentação

Pode acreditar, não tem nada mais importante do que estar com a documentação correta, sobretudo, em relação ao passaporte e visto. Alguns países, como os do Mercosul, não são exigentes e permitem a entrada de brasileiros ao território simplesmente com Registro Geral (RG). Porém, em outros lugares não é tão simples assim, como os EUA, fato que pode ser comprovado pelo processo de emissão do visto, que consiste em uma prática extremamente burocrática e, às vezes, demorada.

Por essa razão, é tão importante determinar o destino, pois somente assim você saberá o que é preciso de documentação. Lembre-se de que o processo para adquirir passaporte e visto é lento, então, comece a correr atrás dos trâmites pelo menos uns 4 meses antes da data da viagem, pois como já dizia o ditado: “melhor prevenir do que remediar”. Isso evitará possíveis problemas com os registros, garantindo tranquilidade para resolver as outras questões.

A dica aqui é: procure a Polícia Federal e já solicite o passaporte, que nada mais é do que uma espécie de carteira de identidade internacional, válida nos territórios estrangeiros. Como tal documento é necessário para quase todas as viagens internacionais, vale a pena tê-lo previamente.

3. Compre as passagens

Com a previsão da data de emissão dos documentos, não perca mais tempo e já comece a analisar as passagens áreas. Nesse momento é preciso fazer uma pesquisa apurada de preços. Existem, inclusive, sites de buscas que comparam os valores, ajudando a definir qual companhia área apresenta uma proposta mais vantajosa.

Não se esqueça de que algumas empresas apostam em estratégias específicas para estimular a venda, criando, por exemplo, promoções relâmpagos. Portanto, é preciso acompanhar diariamente estes sites e ter paciência para efetivar a compra no momento mais oportuno.

4. Determine a programação

Um planejamento bem estruturado também engloba a definição do roteiro. Verifique, portanto, quais são os atrativos da região e procure saber se existe a possibilidade de adquirir os ingressos pelo site. Dessa forma, você evitará possíveis frustrações.

Que tal chamar a família para fechar de vez o roteiro da viagem? Assim, os demais integrantes poderão opinar sobre os locais que têm vontade de conhecer e a viagem será inesquecível para a família inteira.

5. Reserve o hotel

Já imaginou estar com quase tudo pronto e não achar uma hospedagem bacana para o período que a viagem em família está marcada? Seria um problema e tanto, não é mesmo? Para que isso não ocorra, a procura do hotel deve ser realizada também com antecedência.

Analise questões relacionadas à localidade do empreendimento, além dos serviços prestados, para chegar à decisão de qual atenderá melhor você e sua família. Assim que optar pela acomodação, já faça a reserva pela internet. Dê preferência a empresas que possibilitam o cancelamento sem cobrar taxas.

6. Compre a moeda do país

Não dá para viajar para o exterior e não levar a moeda comercializada no país. Para realizar um negócio mais em conta, em vez de realizar a compra no banco, opte por adquirir a moeda nas casas de câmbio.

Nesse caso, o ideal é levar uma boa quantia em espécie e, claro, cartões de crédito e débito que têm validade no exterior. Mas tenha cuidado com o uso dos últimos, pois a alta taxa do temido Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) deixa o produto muito mais caro. Então, sempre que possível, dê prioridade ao uso de dinheiro, ok?

7. Arrume as malas com antecedência

Em hipótese alguma deixe para fazer a bagagem no último dia. Se em uma pequena viagem, realizada no próprio país, já é normal esquecer vários itens que são fundamentais, imagine em um passeio internacional.

A arrumação prévia das malas proporcionará mais certeza em relação aos itens que estão sendo colocadas na bagagem, evitando que acessórios e produtos essenciais fiquem para trás.

8. Faça um checklist da viagem

Está quase tudo pronto para partir para o passeio, certo? Calma lá, que ainda pode estar faltando algo, que você ainda não reparou. Por isso, esse passo é tão importante. Somente por meio de um checklist é possível identificar o que está concretizado e o que está pendente.

Aqui vale passar todos os aspectos que envolvem a viagem, desde itens mais básicos, como a reserva dos hotéis e transporte até itens mais detalhados, como a aquisição de um mapa do local e o planejamento da alimentação. A elaboração de uma lista de obrigações, nesse contexto, permite que você verifique todas as ações que devem ser realizadas, sem que nada fique perdido ou não feito.

Diante de tais informações, temos apenas uma garantia: que a viagem será perfeita, no qual tudo ocorrerá de acordo com suas expectativas e planos. Serão histórias inesquecíveis para contar.

Agora que você já sabe como planejar uma viagem internacional, quer conhecer mais dicas sobre o assunto? Então, assine a nossa newsletter e receba gratuitamente informações sobre esse universo!

Próximo artigoSemana da Criança: 5 Dicas Para Fazer Turismo de Aventura Em Família