Veja como fazer um roteiro de viagem para a neve com crianças

Viagem para a neve com crianças: dicas para montar seu roteiro

Apesar das baixas temperaturas, o inverno é uma estação especial. Nessa estação do ano as cidades ganham um charme a mais e é a época perfeita para você passar as férias com seus filhos. Se você está pensando em qual será o próximo destino, saiba que uma viagem para a neve com crianças é uma experiência única e pode ser muito divertida.

Para que tudo saia conforme o planejado, é preciso programar muito bem o roteiro a ser seguido. Você também deve ficar atento a imprevistos e tomar alguns cuidados especiais.

Pensando nisso, neste artigo vamos apresentar algumas dicas de como criar um roteiro de viagem para a neve com crianças e mostrar os principais cuidados que devem ser tomados. Acompanhe a leitura!

Dicas para viagem para a neve com crianças

Vamos mostrar algumas dicas de como montar o seu roteiro para aproveitar melhor esse momento tão especial. Confira!

Defina o destino desejado

O primeiro passo para o planejamento de uma viagem para a neve com crianças é escolher o destino desejado que mais agrade você e os pequenos. Como a época de maior concentração de neve varia entre os países, pesquise antes e saiba qual a melhor ocasião para visitá-los.

Existem muitas opções que variam de acordo com o bolso e o gosto dos turistas. As regiões localizadas no Chile — Nevados e El Colorado — e na Argentina — Bariloche — oferecem ótimas opções de diversão na neve. Todos são lindos e apropriados para quem dispõe de um orçamento menor, já que as passagens aéreas e a acomodação são mais baratas.

Por outro lado, as cidades europeias ou aquelas localizadas no Canadá, Estados Unidos e Nova Zelândia, reservam paisagens de tirar o fôlego e grandes atrações, que tornarão a viagem para a neve com crianças um evento inesquecível.

Escolha os principais pontos turísticos para visitar

Pesquise se o destino oferece algum tipo de lazer infantil e escolha aquele que mais se encaixa no perfil dos seus filhos. Dessa maneira, além de explorar um novo país, eles terão ótimas opções de recreação para se divertirem e não ficarão entediados.

Além dos pontos turísticos comuns, a maioria das regiões de baixas temperaturas oferece opções de diversão como passeios de trenó, brincadeiras de guerra de neve e atividades esportivas, como o esqui.

As estações de esqui costumam ter pistas seguras e desenvolvidas para a recreação de crianças e de famílias. Elas também podem oferecer aulas especialmente voltadas para o público infantil e para iniciantes.

Separar as roupas de frio

Cuidar da saúde das crianças em ambientes gelados é muito importante para que elas não adoeçam. Não esqueça que os pequenos costumam sentir muito frio nesses lugares. Por isso, preze por levar roupas e calçados adequados e adaptados para aquecer o corpo em locais com baixas temperaturas.

Separe roupas com segunda camada ou segunda pele. Elas possuem proteção térmica e ajudam a suportar o inverno, que costuma ser bem rigoroso.

O ideal é optar por levá-las na bagagem. Alguns países fazem promoções e vendem esses itens por um preço muito mais barato do que os que são vendidos no Brasil. Portanto, se nas pesquisas, você achar que os preços dessas peças estarão melhores no destino escolhido, você pode deixar para comprá-las lá mesmo.

Adquirir os acessórios corretos para esquiar

É importante adquirir acessórios para a prática de esqui, como capacetes adequados e que forneçam segurança em casos de acidente e óculos, que também são essenciais e devem ser fechados, além de ter o tamanho anatômico que se adapte ao rosto da criança. As botas devem ter isolação térmica e proporcionar boa impulsão ao esqui e dar apoio aos pés e tornozelos.

Além disso, são necessários os esquis ou prancha e os bastões, para as manobras e para dar equilíbrio.

Principais cuidados que devem ser tomados com as crianças

Além das roupas especialmente adaptadas ao frio, você deve tomar alguns cuidados.

Deixar a criança bem agasalhada

Alguns artigos são necessários para praticar esportes como o esqui. Uma segunda pele térmica é essencial para manter as crianças aquecidas. Use luvas, óculos, jaquetas e botas no tamanho adequado. Opte pelos itens impermeáveis, pois é comum que as crianças fiquem molhadas, aumentando assim a sensação térmica de frio.

Também evite sair sem cachecol. Eles são uma proteção para o pescoço e evitam dores de garganta. O ideal é agasalhar a criança o máximo possível para evitar resfriados e outras doenças mais graves.

Utilizar equipamentos de segurança para esquiar

Fique atento ao uso dos equipamentos de segurança quando seus filhos forem praticar esportes.

Usar protetor solar e hidratante

Você sabia que os raios solares são mais prejudiciais aos nossos olhos na neve do que na praia? Ao passo que a areia reflete de 10 a 25% dos raios ultravioletas incididos, a neve reflete aproximadamente 80% deles.

Como o lugar está muito frio, as crianças não perceberão que estão se queimando. Mas não se engane, elas correm o risco de sofrer queimaduras graves. Por isso, é essencial levar um bloqueador solar e um hidratante para a pele na sua bagagem.

Proteger os olhos dos raios solares

O sol pode irritar os olhos devido à claridade excessiva causada pelo reflexo dos raios solares. Cuide bem da sua visão e a dos seus filhos. Por isso, não se esqueça dos óculos, que oferecem alta proteção contra os raios ultravioleta.

Levar uma medicação básica

Outra cautela que deve ser considerada é portar remédios básicos para caso de urgências, como dores de cabeça, febres e gripes. Mas saiba que em casos mais graves, você deverá procurar um médico.

É muito importante proteger as crianças contra as baixas temperaturas. Essa cautela evita resfriados e outros problemas que podem estragar toda a diversão.

Vá preparado e esteja atento para os detalhes mencionados acima. Eles evitam a maior parte dos problemas e imprevistos que possam vir a surgir durante uma viagem para a neve com crianças. Aproveite o passeio e saiba que o inverno é uma estação que guarda muitas surpresas. Brincar na neve é muito divertido e é indicado para todos os públicos, independentemente da idade.

Ainda está em dúvida para qual lugar viajar? Confira 5 destinos recomendados para você visitar nas férias!

Deixe uma resposta

Próximo artigoCamping no Brasil: onde acampar com crianças e quais cuidados tomar?