Confira 7 Dicas de Trilhas Longas e Isoladas Para Iniciantes

Confira 7 Dicas para Trilhas Longas e Isoladas Para Iniciantes

Fazer trilha é muito mais do que uma forma de chegar a lugares fantásticos, cujos acessos não são fáceis. É ter contato com a natureza, revigorar as energias e ampliar o círculo social. Neste artigo, você conhecerá 7 dicas essenciais sobre trilha para iniciantes.

Antes, saiba que a preparação é importantíssima para o início de qualquer atividade, principalmente para aquelas que demandam esforço físico e desprendimento de alguns hábitos e costumes. Durante uma trilha, a pessoa deve ter em mente que o mais importante é aproveitar a paisagem, fazendo uso de recursos bem simples, para chegar a um ponto específico.

Por isso, preste atenção ao que é essencial. Continue a leitura para saber mais!

1. Planeje-se

Embora as trilhas geralmente sejam bem sinalizadas e tenham rotas demarcadas, podem ser muito desafiadoras. Diferentemente do trekking, normalmente não há subidas e descidas íngremes, mas isso não torna as trilhas necessariamente mais fáceis.

A trilha de Santiago de Compostela é um exemplo disso. Não há precipícios, pedras ou rios a serem atravessados, mas é tão difícil quanto fazer um trekking no Monte Roraima, devido à sua extensão (de 800 quilômetros).

Fazer trilhas longas, principalmente para iniciantes, exige planejamento antecipado. Confira a previsão do tempo, os pontos de apoio para dormir ou comer e a qualidade das roupas e acessórios que você vai usar. Procure ouvir ainda os relatos de outros trilheiros que já percorreram o caminho escolhido.

É fundamental, também, começar a preparação do corpo com meses de antecedência, para que ele se adapte às caminhadas e para que a mente absorva a experiência da melhor forma. Portanto, no caso de trilhas longas, invista em caminhadas de no mínimo uma hora por dia, durante os seis meses anteriores.

Além disso, faça um checkup médico geral para entender as plenas condições do seu corpo para o esforço físico e conhecer bem suas limitações. Verifique com ele se é necessário levar algum medicamento.

2. Leve somente o necessário

Uma trilha para iniciantes pode ser longa ou mais curta, mas muito mais significativo do que a sua extensão é a superação (e a conquista) de cada trecho. Especialmente em trilhas mais longas, é importante não carregar muito peso.

Um dos princípios das trilhas longas mais famosas do mundo, como a Trilha Inca (no Peru), a Campo de Base do Everest (no Nepal) ou a Narrows (nos Estados Unidos) é ensinar que é preciso muito pouco para viver.

E essa lição você já aprende ao fazer sua própria mochila: o ideal é que ela pese 10% do seu corpo e nada mais. Monte o roteiro de acordo com as suas possibilidades e tome cuidado para não sobrecarregar a mochila. Saiba o que realmente é essencial e fuja do superficial.

3. Escolha cuidadosamente suas roupas

Passar dias ou horas caminhando por uma trilha para iniciantes exige uma atenção especial em relação às roupas e aos calçados. Eles são primordiais quando o assunto é conforto e segurança.

As roupas para caminhadas devem ser leves e, ao mesmo tempo, proteger seu corpo do sol e de insetos. Diante disso, use calças para trekking e camisas de mangas longas com proteção contra raios solares. Já o calçado não pode ser novíssimo. Amacie-o durante a preparação física e conte sempre com meias limpas.

As trilhas em meio a matas ou terrenos altos demais possuem temperaturas frias, principalmente à noite. Não dê bobeira e leve consigo um casaco corta-vento — e, se for preciso, uma roupa segunda pele. Prefira os mais leves, resistentes e impermeáveis.

O mesmo vale para ambientes muito quentes. Proteja-se ao máximo e, se puder, procure fazer a trilha durante a primavera ou o outono, que são estações com climas mais amenos. Mas a dica é clara: não passe frio nem calor.

4. Conte com acessórios indispensáveis

A lista de acessórios obrigatórios é extensa: bastão de caminhada, canivete, lanterna de cabeça, capa de chuva, repelente, protetor solar, toalha, equipamentos para orientação e itens de primeiros socorros. Lembre-se ainda de montar um kit de primeiros socorros.

Se você é um iniciante em trilhas longas, aprenda a ler mapas e bússolas. É claro que existem mecanismos mais modernos de localização, mas eles podem falhar e, na hora do aperto, a velha e boa cartografia vai salvá-lo. Lembre-se de adquirir os mais leves e compactos, para não pesar na mochila.

5. Alimente-se adequadamente e durma bem

Para concluir sua trilha, é crucial estar bem alimentado e hidratado. Saiba quais paradas ao longo do percurso oferecem alimentação e se programe para dar uma pausa.

Se a trilha se estender por dias, você precisará mesmo de um suporte nutricional. Um profissional da área vai indicar ótimos suplementos e vitaminas para suprir seu gasto energético. No mais, leve sempre barrinhas de cereais e muita água.

Boas noites de sono são indispensáveis, tanto antes quanto durante a trilha longa para iniciantes. Seu corpo vai pedir pelo menos 6 horas de descanso para cumprir a meta final.

Não hesite em dar ao seu organismo as condições básicas para concluir a trilha. Lembre-se: isso não é uma disputa de velocidade, mas sim uma conquista pessoal. Logo, encerre sua caminhada mais cedo e aproveite para relaxar.

6. Guarde seu lixo

Por mais compacta que seja sua mochila, tenha sempre à mão um compartimento para jogar seu lixo. Jamais deixe sacolas, embalagens ou garrafas de plástico espalhados pela trilha.

A consciência ambiental vale para tudo: economize água, não retire nada que encontrar na natureza e não interfira nos hábitos dos animais. Observe, fotografe e admire com o mínimo de interferência possível.

7. Medite durante o percurso

Não é tão simples caminhar por horas e horas, mesmo que o cenário seja de tirar o fôlego. Percorrer uma trilha longa e isolada é um exercício para a mente também. Reflita sobre sua vida e seus projetos; aproveite para tomar grandes decisões. É comum ouvir as pessoas afirmarem que mudaram de postura ou de opiniões depois de uma longa trilha.

Aproveite também para fazer novas amizades e aprender com desconhecidos algumas lições de vida. Esteja aberto para a natureza e para as pessoas que cruzarem o seu caminho. Certamente, será uma jornada incrível!

Gostou de nosso conteúdo sobre trilha para iniciantes? Que tal descobrir as melhores dicas para um casal aventureiro? Até a próxima!

Deixe uma resposta

Próximo artigoTire Suas Principais Dúvidas Sobre a Expedição ao Monte Roraima