Aurora Boreal

Aurora Boreal: Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Esse Fenômeno

oreal

A Aurora Boreal ou aurora polar é um fenômeno que acontece nas regiões polares do planeta  e possui diferentes intensidades luminosas. Sua ocorrência se deve pelo contato de ventos solares com o campo magnético da terra. Foi nomeada por Galileu Galilei, em 1619, em homenagem a deusa romana do amanhecer Aurora e seu filho Bóreas.
É importante ressaltar que esse fenômeno não possui uma ocorrência certa, apesar de ser registrado com certa frequência em alguns lugares do planeta. Ele acontece somente no período noturno, quando o céu já está totalmente escuro.
Se interessou pelo assunto? Quer conhecer mais sobre a Aurora Boreal? Então continue a ler nosso post!

Qual a forma da Aurora Boreal?

Geralmente ela possui o formato de arcos homogêneos que se juntam ao horizonte. Também pode ser representada por bandas irregulares, porém, neste caso, as auroras são móveis e tem a forma de uma cortina. Pode ainda acontecer através de pontos de luz ou uma coroa boreal brilhante — esta última se forma no zênite magnético.

Possui dimensões entre 100 e 120 km, mas em regiões onde a luminosidade do sol é maior ela aparece abaixo dos 80 km. Apesar de ser um fenômeno natural, pode ser reproduzido através de pesquisas laboratoriais e explosões nucleares.

Como esse fenômeno acontece?

A Aurora Boreal é desencadeada devido a manifestação de diversos elétrons que possuem uma determinada carga energética. A luz desse fenômeno emerge no momento em que esses elementos se chocam com átomos do espaço, em especial nitrogênio e oxigênio. Com isso, acontece a ionização, estimulação e dissociação das partículas.

No processo da ionização ocorre o deslocamento dos elétrons do átomo, onde eles levam consigo a energia liberada e geram um efeito em cadeia da produção de espécies químicas carregadas eletricamente, devido a perda de elétrons por outros átomos.

Assim, os átomos ficam instáveis, e, devido a isso, mandam ondas luminosas em determinadas frequências vibratórias ao tentar encontrar o equilíbrio, fazendo com que aconteça o espetáculo da Aurora Boreal!

Quando a Aurora Boreal acontece?

Acontece geralmente entre os meses de março a abril e setembro a outubro, devido a maior atividade de manchas solares nestas épocas. No planeta Terra ela pode ser vista na Suécia, Noruega, Finlândia, Alasca, Islândia, Escócia, Groenlândia, Rússia, entre outros países.

É preciso destacar que o norte da Noruega ( que tal uma viagem para a Noruega?) é um dos locais onde se registra a maior ocorrência desse fenômeno no planeta. Isso se deve pelo clima frio e seco do inverno nórdico. Além disso, nos períodos de final de outono e início de primavera, a escuridão no céu tem um período de duração maior — entre as 18h e 01h — o que aumenta as chances de observação do fenômeno.

A Aurora Boreal é um acontecimento magnífico e importante para o planeta — ela está presente na mitologia nórdica, na bíblia e filmes. Porém, apesar da sua beleza, os ventos solares provenientes dela intervêm em sistemas de comunicação e sistemas eletrônicos, provocando altos prejuízos neste campo.

Existem também teorias sobre sons provenientes desse fenômeno, embora eles nunca tenham sido reconhecidos oficialmente. Portanto, ainda são necessários estudos para que se tenha total conhecimento sobre ela.

Se interessou pela Aurora Boreal? Gostaria de conhecer mais assuntos relacionados a essa área? Então não deixe de assinar nossa newsletter!

Deixe uma resposta

Próximo artigoIntercâmbio Aos 50: Conheça Essa Ideia