Benefícios do Trekking Para a Saúde

3 Benefícios do Trekking Para a Saúde

Benefícios do Trekking Para a Saúde. Originário do inglês, o termo trekking se popularizou mundialmente, conquistando também o coração dos brasileiros. Esta prática, voltada para ambientes externos nos quais a natureza é predominante, envolve caminhadas de longa distância e exigem do praticante esforço físico e superação. O trekking, portanto, se diferencia da prática de hiking, outro termo em inglês que designa a prática de caminhadas leves e de curta duração.

O trekking, assim como o hiking, oferece amplos benefícios físicos e mentais, contribuindo para uma vida mais saudável e uma mente mais tranquila. A seguir, vamos apresentar os principais desses benefícios do trekking, destacando algumas dicas de como aproveitá-los ao máximo.

Praticar trekking contribui para sensação de bem estar

Como toda atividade física de longa duração, o trekking estimula a produção de endorfina, substância química conhecida por gerar bem estar no corpo humano. Esta substância atua, a longo prazo, na melhora do sistema imunológico, da memória e do humor, além de proporcionar outras vantagens para a saúde do atleta.

Contudo, para se obter estes benefícios é preciso realizar o trekking com uma certa regularidade e tomar alguns cuidados importantes de modo a exercer a atividade física de forma correta e segura.

Por se tratar de uma atividade ao ar livre de longa duração, é indicado o uso de protetor solar e de repelente a todo tempo, evitando futuros transtornos e complicações decorrentes da exposição prolongada ao sol e à natureza. Bonés e protetores físicos, com tecidos que permitem que a pele transpire naturalmente, também contribuem para o melhor desempenho da atividade e, consequentemente, para a ampla obtenção de seus benefícios.

O trekking fortalece o corpo e amplia a resistência física

O trekking é geralmente realizado em áreas de pouca intervenção humana, cujos trajetos desafiam o corpo a superar seus desafios físicos e mentais. Desta forma, o exercício exige do praticante maior esforço, se compararmos a prática com uma caminhada na cidade, em terreno cimentado e plano, por exemplo. Assim, o trekking amplia a resistência cardiovascular e respiratória do praticante, além de fortalecer seus ossos, músculos e tendões, principalmente dos membros inferiores (cintura pélvica, coxas, pernas e pés).

Porém, para realizar essa prática de forma segura, isto é, sem correr o risco de acidentes e lesões, é necessário o uso de vestimentas adequadas, como roupas e calçados próprios para o tipo de terreno do percurso escolhido. Planejamento prévio e conhecimento do trajeto também são essenciais. E, em casos de distâncias maiores e de grandes desafios, recomenda-se praticar o trekking acompanhado, além do uso de bússola e GPS.

Mais qualidade de vida

Os ganhos físicos proporcionados pelo exercício do trekking são refletidos em maior qualidade de vida. A prática regular contribui para uma mente mais relaxada, combatendo o estresse e a ansiedade. A ampliação da resistência física e a superação de obstáculos contribui para a melhora da autoestima, sem falar na melhora da qualidade do sono, do funcionamento dos órgãos vitais, contribuindo assim para sua longevidade.

Agora que você conhece alguns dos benefícios do trekking, que tal conhecer as regiões mais fantástica para fazer a atividade? Veja aqui neste post!

Deixe uma resposta

Próximo artigoRoteiro de Férias: Conheça as Cidades Históricas de Minas Gerais