Dicas de como se preparar para a subida no Pico da Bandeira

O Pico da Bandeira é o terceiro ponto mais alto do Brasil. Situado no Parque Nacional do Caparaó, entre o Espírito Santo e Minas Gerais, era considerado o cume mais alto de nosso país até que descobrissem o Pico da Neblina e o 31 de Março.

O Parque proporciona uma inesquecível visão do nascer do sol, por isso, muitos frequentadores sobem o Pico da Bandeira durante a noite e a madrugada — especialmente nos meses mais secos e frios do ano.

Sua vegetação é composta por espécies da Mata Atlântica e Campos de Altitude, incluindo ainda rios e cachoeiras para banho. E, por ser um cume relativamente fácil de alcançar (com cerca de 2.890 metros), muitos visitantes o percorrem despreparados, usando chinelos e shorts.

Contudo, por mais simples que seja a caminhada, o ambiente montanhoso pode ser extremamente frio, além de proporcionar uma quantidade menor de oxigênio, o que causa incômodos para muitas pessoas.

Portanto, se você quer subir e aproveitar as maravilhas únicas do Pico da Bandeira, é melhor estar preparado! Veja as dicas que trouxemos para você neste post:

Continue lendo…

Como montar um abrigo contra chuva sem recursos?

Sentimos um enorme prazer quando podemos entrar em contato direto com a natureza, seja em uma trilha, um acampamento ou mesmo em viagens para locais mais rústicos e desertos, não é mesmo?

Esse tipo de aventura é revigorante, pois nos afasta do barulho e do estresse que o mundo urbano nos impõe.

Mesmo para uma simples trilha, devemos ter o mínimo de cuidado, como levar uma boa mochila, calçados adequados e utensílios básicos (canivete e lanterna, por exemplo). Imprevistos acontecem e você pode perder algum utensílio, ficar sem alimento ou ter de encarar uma chuva repentina.

Esse último é um caso peculiar, pois poucas pessoas sabem montar um abrigo contra chuva sem os recursos necessários. Ele é fundamental para a nossa proteção, e saber fazê-lo é uma carta poderosa quando nos aventuramos.

Portanto, separamos algumas opções para você proceder da melhor maneira nessas situações. Acompanhe!

Continue lendo…

Entenda os perigos de entrar em cachoeiras e rios desconhecidos

Cachoeiras são uma das melhores opções de lazer e contato com a natureza: são sempre emolduradas por belas paisagens e, normalmente, mais vazias que as praias. Elas são uma excelente forma de se desligar da correria do dia a dia, de deixar os problemas de molho e se desconectar do mundo online — mesmo porque muitas vezes o sinal do celular fica para trás.

O modo mais adequado de aproveitar cachoeiras e rios é conhecendo todos seus atrativos — e também todos os seus riscos. É bom ter certeza de passar só pelo melhor dessas belezas naturais, não é?

Pensando nisso, preparamos este artigo para você conhecer alguns perigos que pode encontrar nessas maravilhas da natureza e o que fazer para evitá-los. Confira!

Continue lendo…

Quais os principais cuidados ao acampar com a família?

Sabia que, em 2010, as crianças brasileiras eram as que gastavam mais tempo na frente de televisão e computador no mundo? Foram 18,3 horas por semana só conectadas à internet. Parece exagero, mas, quando comparadas às 5,6 horas que jovens passam conectados no Japão, percebemos como é bastante.

Acampar com a família, então, parece ser a opção perfeita para juntar atividade fora das telas e passar tempo juntos. Você tem dúvidas se os pequenos animarão? Saiba, então, que 8 em cada 10 crianças sentem que passam tempo demais online. Se até as crianças sentem que estão muito conectadas, por que não abrir as portas e correr para a natureza?

Vamos checar, então, os principais cuidados ao acampar. Assim você terá certeza de oferecer a melhor atividade para a criançada e de passar um ótimo tempo em família. Confira!

Continue lendo…